Nossa Senhora, Cedro do Líbano, Rogai por nós!

Vem comigo do Líbano, noiva minha, vem comigo do Líbano.
Olha desde o cume de Amana, desde o cume de Senir e de Hermom, (...)
Feriste-me o coração, minha irmã, noiva minha; feriste-me- me o coração com um dos teus olhares, com um dos colares do teu pescoço.
Quão doce é o teu amor, minha irmã, noiva minha!
quanto melhor é o teu amor do que o vinho!
e o aroma dos teus perfumes  do que o de toda sorte de especiarias!
Os teus lábios destilam o mel, noiva minha; mel e leite estão debaixo da tua língua, e o aroma das tuas vestes é como o perfume do Líbano.

(Cânticos 4, 8-9)